PONTOS TURÍSTICOS

A religião permitiu ao homem estabelecer uma relação com a vida numa dimensão que excede a aparência, lhe permitindo encontrar o sagrado. O seu papel e a sua importância podem ser lidos no jogo de volumes da arquitetura neogótica da Igreja Matriz, nas cores, nas formas de seus vitrais e nos espaços que se alojam no nosso íntimo. O falar silencioso do Convento e Capela de São José nos colocam em contato com nossa fragilidade, fazendo com que experimentemos sentimentos difíceis de serem explicados.  Compartilhamos, na Ermida, a crença da reza, da graça alcançada e da descoberta de mais significados que nossos olhos podem enxergar.

Fazem parte deste projeto:

 Igreja Matriz São Pedro
A construção da Igreja Matriz foi uma iniciativa do Frei Bruno de Guillonay.

Inspirado em projeto encomendado na França, o engenheiro Agostinho Mazzini foi o responsável pela execução. Além da arquitetura com linhas góticas, destacam-se os vitrais coloridos, as pinturas murais, o altar artístico, a estatuária e seu imponente órgão de tubos.

A Matriz é o mais importante símbolo de religiosidade de Garibaldi.

 

 

Ermida Nossa Senhora de Fátima

A devoção a santos e mártires é um dos legados que identificamos nas  comunidades da imigração italiana. A religião, no início do processo de  colonização, contribuiu para a identificação cultural dos imigrantes segregados  às suas terras, muitas vezes privados do convívio social e num ambiente  diferente do que viviam. A religião lhes resgatou a força de ânimo, permitindo  a reconstrução de seu mundo cultural.

Promovido pela prática de buscar na religião a crença em solucionar problemas e contornar situações, é que a comunidade de Garibaldi decidiu erguer uma ermida para marcar o entusiasmo e promover a manifestação de devoção e fé a Nossa Senhora de Fátima.

A edificação, construída em 1953, possui cobertura seis águas. A imagem de Nossa Senhora, que se encontra no altar, foi entalhada em madeira e doada por Portugal. Seguindo a tradição católica – aparição de Nossa Senhora de Fátima no dia 13 de maio – todos os meses neste dia são celebradas missas em sua homenagem.

Horário de visitação: das 8h às 18h

Contato: 54 3462.1153

 

Convento das Irmãs de São José

Os lugares sempre são espaços que enviam mensagens, despertam  sentimentos e são tão impressivos quanto a sua história e a importância que  possuem para uma comunidade. Através dos espaços amplos, do falar  silencioso do convento da Congregação das Irmãs de São José vivemos uma  experiência que redimensiona nossos conceitos e valores. Esta expressividade  desperta nossos sentidos, instaurando em nosso ser a certeza de que, se existe uma resposta que justifique a brevidade da vida, ela está ali.

As Irmãs de São José se estabeleceram em Garibaldi no ano de 1898. Em janeiro de 1899, as irmãs iniciam as aulas, no início, administradas na língua italiana, uma vez que a totalidade dos habitantes eram imigrantes italianos. Hoje no convento funciona o Hotel Mosteiro, com disponibilidade de 35 apartamentos. Pernoite com café da manhã, almoço e jantar para grupos acima de 30 pessoas mediante agendamento. O Hotel Mosteiro São José possui ainda uma linda capela, salas para retiros, encontros e cursos.

Horário de visitação: das 8h às 18h

Contato: 54 3462.1703 / 54 3462.4577

 

Convento São Francisco de Assis Capuchinhos

No Convento São Francisco de Assis, entre os imensos corredores, temos a  impressão que o tempo parou e a serenidade nos conduz à meditação. A fé se  manifesta de forma mais forte e impressiva através dos quadros, da estatuária  sacra, das imagens, dos símbolos e a luz colorida refletida pelas rosáceas da  capela, ilumina nossa alma. Enfim, a paz. A simplicidade do local revela uma  complexidade que apenas o silêncio permite compreender. O convento possui capela e salas próprias para retiros, encontros, cursos, palestras para grupos ou simplesmente para descanso de fim de semana ou feriados. Oferece também quartos para hospedagem, refeitório e área verde.

A capela, erguida em 1931, possui três naves conservando ainda os oito altares laterais, onde os recém ordenados sacerdotes celebravam as missas.

Rua Heitor Mazzini, 199, Cx Postal 02 – Fone/fax: 54 3462.1325

E-mail: pousada.garibaldi@ofmcaprs.org.br

Italianos, franceses, sírios, tropeiros mascates e artesãos experimentaram o florescimento do comércio em uma das principais estradas do sul do país – a Rua Buarque de Macedo, responsável pelo acesso das levas de imigrantes às suas terras e uma das mais importantes vias de ligação das colônias do oeste da serra com a capital do estado.

O resultado dessa trajetória de sucesso está presente nos 35 exemplares de construções que se estendem ao longo da Buarque e ruas adjacentes que compõem o Roteiro Passadas. Os anseios, as projeções, venturas e desventuras, encontram-se ali, nas fachadas dos prédios, e ali esperam serem despertadas do seu sono de sonhos.

O Roteiro Passadas oferece a oportunidade de nos encontramos nos gestos do outro, de nos recriarmos através da história do outro, porque o brilho dos olhos de quem traz as passadas ilumina as faces eternizadas nas fachadas centenárias.

Elas, com seu sorriso de pedra, entregam-se a um diálogo mudo. Sabe-se que quem é tocado pelo seu olhar torna-se refém da sua magia e da certeza de que, sim, é possível imortalizar-se.

Através do Passadas, o visitante é convidado a mergulhar nesse mundo de simbologia, expressividade e história em um passeio guiado, que pode ser feito a pé ou de Tim Tim  – caminhão GMC de 1944, adaptado para o transporte de turistas.

Quem traz as passadas ilumina as faces eternizadas nas fachadas centenárias.

Na Estrada do Sabor existe uma simplicidade desconcertante. Uma singeleza cultivada na ligação com a terra, com a energia da mata e apreendida através da observação da vida que germina entre as mãos. Lá descobrimos que sempre há nas lembranças do outro algo que nos conecta com nossas lembranças, pois os lugares e os objetos são portadores de memórias e estão impregnados de significados. O roteiro oferece a oportunidade de estar em contato com a paisagem, de caminhar pelos vinhedos, degustar vinhos elaborados com um minucioso processo de vinificação, provar os deliciosos pães cozidos em forno a lenha, geleias, grapa e licores caseiros, produzidos através da agricultura ecológica. As copas, os salames e, claro, a mesa farta com antigas receitas mantidas em segredo, ofertam sutis e delicadas combinações de condimentos e ingredientes, que representam o patrimônio e orgulho das famílias italianas.

Aqui há a possibilidade de interagir com os agricultores e pelas suas mãos sermos servidos, uma atitude que certifica e enaltece o que é oferecido.

É um panorama que nos arrebata e nos faz transcender a experiência que temos com o tempo. Sentimo-nos convidados a entender mais e além do que nos propomos viver e compreender.

Na Estrada do Sabor descobrimos que sempre há, nas lembranças do outro, algo que nos conecta com nossas lembranças, pois os lugares e os objetos são portadores de memórias  e estão impregnados de significados.

Fazem parte deste projeto as seguintes famílias:

Família Jorge Mariani
A família oferece passeio pelos parreirais e colheita da uva orgânica e frutas da época, como: bergamota, laranja, figo, pêssego. Uma aula sobre agroecologia é vivenciada no local, através do farto conhecimento de Jorge Mariani e sua família. Através de transporte, feito com trator, o visitante poderá conhecer a propriedade e o manejo ecológico. Também poderá visitar a residência e ter a oportunidade de conhecer, através das fotos, a história da família, ou então, no quarto do bisavô, transformado em museu, conhecer o mobiliário e utensílios de época. Do belvedere, avistam-se as cidades vizinhas de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Veranópolis e Carlos Barbosa. Os visitantes também terão a oportunidade de conhecer a Vinícola com elaboração de vinhos e sucos orgânicos e degustá-los.

Horário: As visitas devem ser agendadas.
E-mail: lacantineta@terra.com.br
Contato: 54 9999.9752 / 54 9177.3688

 

Família Olir Brugalli

A propriedade da Família Olir Brugalli fica situada num ponto elevado, que lhe confere uma bela vista da comunidade de Araújo e Souza. A família possui uma empresa de embutidos, dedicando-se à elaboração de produtos típicos da gastronomia italiana: salames, copas e presunto parma, que podem ser degustados na visitação. A produção de embutidos, uma tradição da família, leva o nome de Nono Honório, uma homenagem ao patriarca, como forma de reconhecimento da importância de seus conhecimentos e transmissão do processo de fabricação de embutidos. Na propriedade também são cultivadas uvas de diversas variedades, das quais são elaborados deliciosos sucos.

Horário: As visitas devem ser agendadas.
E-mail: samucabrugalli@hotmail.com
Contato: 54 3464.1380

 

Família Odete Bettú Lazzari – Osteria Della Colombina

Oferece visitação à propriedade com passeios em meio ao jardim, hortas, pomares e parreirais, podendo participar do cultivo dos mesmos, com vista à deslumbrante paisagem. Expõe objetos antigos, como utensílios domésticos e agrícolas, peças religiosas e fotografias em uma réplica de casa de madeira da colonização italiana. Comercializa doces de frutas em pasta, geleias, compotas e conservas, elaborados com matéria-prima orgânica extraída na propriedade. O visitante também pode participar da “Oficina Mãos na Massa”, momento em que cada pessoa tem a oportunidade de confeccionar sua “Colombina”, pombinha feita de massa de pão. As refeições servidas, almoço e jantar, são típicas do imigrante italiano, em um ambiente único no porão da casa da família, no qual é mantido o “chão batido”.

Horário: Reservas devem ser previamente agendadas
E-mail: osteriacolombina@hotmail.com
Contato: 54 3464.7755 / 54 9121.1040

 

Família Vaccaro
Na propriedade da família Vaccaro há várias opções de lazer: caminhadas por trilhas ecológicas, visita aos parreirais, degustação de uva direto do pé, visita à vinícola, além da possibilidade de adquirir produtos coloniais e fazer refeições num ambiente encantador e acolhedor. A beleza do local é propícia para piqueniques e registro do book de casamento. Sentir o sabor e o tempero da culinária italiana, com o gosto e o inigualável aroma da receita da nona, é uma experiência que pode ser vivida na propriedade. As delícias da comida típica podem ser apreciadas no almoço, no café colonial e no jantar.

Horário: As refeições são servidas mediante reserva, de quarta a domingo, para no máximo quarenta e cinco pessoas.
E-mail: vaccaro@bol.com.br
Contato: 54 3464.7888 / 54 3459.1128

 

Vilmar Bettú – Turismo Enológico

A propriedade está localizada a menos de 3km do centro de Garibaldi, junto à Estrada Geral São Gabriel que se une ao Vale dos Vinhedos. Ali, os enófilos poderão passar algumas horas na companhia da família Bettú, degustando vinhos e se inteirando da história dos imigrantes italianos que vieram para esta região do Rio Grande do Sul. Além de falar de vinhos, a conversa pode versar sobre o desenvolvimento da vitivinicultura entre os descendentes dos italianos e a influência dos mesmos receberam das três congregações religiosas francesas que se instalaram no município de Garibaldi nos primórdios do século XX. Vilmar Bettú, que é engenheiro mecânico e professor de Física, elabora pequeníssimas quantidades de vinhos a partir das diversas castas viníferas cultivadas no Brasil, entre elas: Malvasia de Candia, Tannat, Ancellotta, Rebbo e Nebbiolo. As visitas devem ser agendadas. Em três horas o visitante poderá degustar aproximadamente dez tipos de vinhos entre tranquilos, fortificados e espumantes.

E-mail: vilmarbettu@gmail.com
Contato: 54 3462.6807

A Rota de Compras oferece a possibilidade de percorrer as ruas, fazendo parte de seu cenário, interagindo com seus habitantes e com eles partilhando o prazer de estar em contato com o riso das crianças, dividir rumores, os hábitos, o alarido dos bares e botequins, sentir o cheiro do café, do pão, dos doces…
Já os estabelecimentos comerciais presenteiam o cliente com um atendimento que prima pela simpatia, educação, pela diversidade e qualidade dos produtos e artigos.
Soma-se a este contexto, lojas e ambientes exclusivos, pensados e planejados para que você, cliente, sinta-se parte importante deste processo, pois é para você que tudo foi pensado e organizado.
Na escolha das marcas ou do processo de produção, também se identificam critérios cujas opções foram feitas pra lhe propiciar uma satisfação que excede a necessidade, porque prioriza conforto, bem-estar e autoestima.

Estabelecimentos:
Bella Shoes
Calce Bem
Calce Leve
Cantinho da Fofa
CM Malhas
Devorata Trufas Artesanais
Disco Center
Enamorare
Espaço Decor
Exigent
Loja Forh
Lojas Andreolio
Farroupilha Sports
Loja Benvenutti
Dress
Sabor Ecológico
Villa Sorelle
Vinotage

“O espetáculo que então foi me oferecido à vista e que admirava pela primeira vez, teria para ser dignamente descrito, necessidade da pena de um poeta ou do pincel de um pintor”. Assim Giuseppe Garibaldi descreve em suas memórias o deslumbramento frente à primeira visão do Rio Grande do Sul.
Esse encantamento é o que a Rota dos Espumantes faz renascer na cidade que foi batizada em homenagem ao herói de dois mundos. Garibaldi conserva, há mais de um século, os mais refinados sabores da autêntica gastronomia italiana aliada aos mais finos champanhas franceses.
O sonho de um homem que começou a criar suas próprias raízes em Garibaldi, no ano de 1913, quando, utilizando-se de um processo natural de fermentação, criado pelo abade francês Don Pérignon, produziu o primeiro champanha brasileiro. No mesmo ano, a qualidade do novo produto já era reconhecida publicamente, ao ganhar a Medalha de Ouro na I Exposição de Uvas, na qual foi gravado: “Bendita a terra a que este sangue aquece”.
Hoje a magia das borbulhas continua. Não foi por acaso que a cidade recebeu o título de Terra do Champanha. Também, não por acaso, sua história atrai cada vez mais pessoas em busca do “sabor das estrelas”, que só o espumante feito aqui pode oferecer.
Um passeio por Garibaldi não pode ignorar a fartura das cantinas e vinhedos, e o bom humor dessa gente de faces rosadas.

AS EMPRESAS

Sob coordenação de Prefeitura de Garibaldi, através da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, Sebrae e Atuaserra, sete empresas vinícolas e de bebidas de Garibaldi integraram-se para implementar um roteiro que buscasse explorar o principal produto de Garibaldi: o champanha. Com a Rota dos Espumantes o turista tem a oportunidade de degustar os mais famosos e deliciosos espumantes brasileiros, além de conhecer o local e o processo de elaboração da bebida, numa cidade que se caracteriza pelo charme de sua arquitetura histórica, beleza da paisagem e simpatia de seu povo.
Na Rota dos Espumantes podem ser apreciados os melhores espumantes elaborados por processos como o charmat e o champenoise, além de conhecer pequenas e grandes vinícolas, antigas ou recém fundadas, empresas familiares, multinacionais e cooperativas. As Vinícolas que fazem parte da Rota são:
Chandon, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Courmayeur, Peterlongo e Adolfo Lona. Todas com a mesma preocupação com a qualidade e o carinho na elaboração das mais nobres bebidas.
Um passeio pela Rota oferece ao visitante um pouco dos mistérios da produção do champanha aliado à rica história deste povo.

Integrantes da Rota dos Espumantes:

 

Adega Chesini
Fone: (54) 3462-2357
E-mail: adegachesini@adegachesini.com.br
Site: www.adegachesini.com.br

 

Chandon do Brasil Vitivinicultura Ltda.
Fone: (54) 3388-4400

E-mail: chandon.gdi@chandon.com.br

Site: www.chandon.com.br

 

Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo
Fone: (54) 3462-1356

E-mail: joaoferreira@peterlongo.com.br

Site: www.peterlongo.com.br

 

Courmayeur do Brasil Vinhos Ltda
Fone: (54) 3463-8517

E-mail: courmayeur@redesul.com.br

Site: www.courmayeur.com.br

 

Cooperativa Vinícola Garibaldi
Fone: (54) 3464-8100

E-mail: coviga@vinicolagaribaldi.com.br

Site: www.vinicolagaribaldi.com.br

 

Vinícola Pedrucci Ltda
Fone: (54) 3464-7878

E-mail: pedrucci@casapedrucci.com.br

Site: www.casapedrucci.com.br

 

Vinícola Batistello Ltda
Fone: (54) 3459-1342

E-mail: batistello@vinicolabatistello.com.br

Site: www.vinicolabattistello.com.br

 

Vinícola Vaccaro Ltda
Fone: (54) 3464-7888 – (54) 3459-1128

E-mail: vaccaro@bol.com.br

Site: www.estradadosabor.com.br/vaccaro/

 

Ind. Vinícola Agostini Ltda
Fone: (54) 3464-1716

E-mail: vinagostini@ibest.com.br

 

Ind. Vinícola Bolsoni Ltda
Fone: (54) 3464-1685

E-mail: bavandre@ibest.com.br

 

Vinícola Carlesso
Fone: (54) 3462-2102

E-mail: domingoscarlesso@terra.com.br

 

Vitivinícola Sta. Barbara
Fone: (54) 3464-7887

 

Ind. de Vinhos Mânica Ltda
Fone: (54) 3464-1352

E-mail: vinhosmanica@redesul.com.br

 

Ind. Vinícola Lazzari Ltda
Fone: (54) 3464-1354

E-mail: vinicolalazzari@redesul.com.br

 

Ind. Vinícola La Cantina Ltda
Fone: (54) 9925-2651

E-mail: lacantina@lacantina.com.br

Site: www.lacantina.com.br

 

Vinícola Locatteli Ltda
Fone: (54) 3464-1724

E-mail: falecom@cavedarcilocatelli.com.br

 

Domno do Brasil
Fone: (54) 3388-3999

E-mail: domno@domno.com.br

Site: www.domno.com.br

 

Vinícola Don Laurindo
Fone: 0800 510 1600

E-mail: laurindo@donlaurindo.com.br

Site: www.donlaurindo.com.br

 

Vinícola Gran Legado
Fone: 0800 051 4197

E-mail: granlegado@granlegado.com.br

Site: www.granlegado.com.br

 

Contato: Rota dos Espumantes – fone 54-3462-1244
rotadosespumantes@rotadosespumantes.com.br
www.rotadosespumantes.com.br

O vento, lascivo, leva longe o som da cantoria que alegra o momento do desembarque na Estação Férrea de Garibaldi, a segunda parada de um trajeto de 23 quilômetros, que inclui as cidades de Bento Gonçalves e Carlos Barbosa. O brinde com espumante mistura-se com o riso das crianças, com o colorido dos abraços. A paisagem também vai se modificando, ganhando novas formas, capricho da fumaça que sai esbravejando da caldeira da Maria.
O clima nostálgico, que brinca com nossa imaginação, despertando o desejo de passear, de permitir-se sentir a brisa, de experimentar a temperatura sob as árvores e de investigar as tonalidades de verde que a paisagem permite contemplar.
À hora da partida da Maria Fumaça, os que partem levam lembranças e experiências que farão parte de suas memórias e histórias. Já os que ficam, retornam à sua rotina, sabendo que suas lembranças e reminiscências serão novamente acordadas pelo próximo apito da Maria.

O passeio é operado pela empresa Giordani Turismo: http://www.giordaniturismo.com.br / (54) 3455.2788

Distante da rotina da cidade há lugares, como o Passeio da Barragem, para entregar-se ao deleite. Construído às margens da barragem de Garibaldi, tudo nele é poesia: a ponte de pedra, a pinguela em madeira e a nostalgia dos trilhos de trem que se cortam em ritmos à passagem da Maria Fumaça.


Para descrever nosso querido Tim-Tim, pegamos emprestado o texto de Andrei Andrade*.
Um veterano costuma passear por Garibaldi. É nosso querido Tim-Tim, um caminhão GMC de 1944, adaptado para o transporte de turistas.
Há mais de duas décadas, um veterano da 2ª Guerra Mundial passeia diariamente pelas ruas de Garibaldi, na Serra. Trata-se do Tim-Tim, um legítimo caminhão do exército dos anos 40 transformado em um elegante ônibus de turismo.
A história do Tim-Tim – nome alusivo ao brinde de espumante, bebida que é um dos símbolos de Garibaldi – começa, ou recomeça, em 1990, quando foi adquirido pela Prefeitura junto ao exército brasileiro. O prefeito da época viu o caminhão parado em um quartel de Porto Alegre, e imaginou que poderia dar a ele uma nova utilidade. E desse dia até o primeiro passeio pelo centro histórico do município de 30 mil habitantes foi só o tempo de reformar a cabine e substituir a carroceria pelo reboque que o transforma num ônibus para até 50 passageiros.
Durante o período da guerra, entre 1939 e 1945, foram fabricadas mais de 500 mil unidades destes caminhões militares, que serviam para o transporte de tropas e de suprimentos para o front. Mais de 60 anos depois, poucos continuam trafegando, e dificilmente algum outro tenha mudado tão radicalmente de função.
Há 20 anos na boleia do Tim-Tim, Renato Corbelini conta com orgulho histórias dos turistas que já conduziu, transportando desde um grupo de freiras de diversos países até atores e atrizes globais. E o parceiro nunca o deixou na mão.
– Estamos sempre atentos à manutenção do ônibus, que é mesmo muito antigo, mas ele jamais nos deu problema. O único problema é a quantidade enorme de gasolina que ele consome – brinca.
Os passeios são agendados pela Secretaria de Turismo e Cultura de Garibaldi, e ocorrem geralmente nos finais de semana, sempre conduzidos por um guia de turismo que conta a história do município.
Valor do passeio: R$ 7,00
*A palavra champanhe foi substituída por espumante; A Secretaria de Turismo agora também cuida da pasta cultural do município

O Vale congrega o melhor do enoturismo brasileiro. Localizado na Serra Gaúcha, o Vale representa o legado histórico, cultural e gastronômico deixado pelos imigrantes italianos que chegaram à região em 1875, em perfeita harmonia com as modernas tecnologias para produção de uva e vinhos finos e infraestrutura turística de alta qualidade.

Garibaldi representa 33% do território do Vale, junto aos municípios de Bento Gonçalves (66%) e Monte Belo do Sul (7%). Com paisagens apaixonantes que apresentam diferentes tonalidades nas quatro estações do ano, o Vale dos Vinhedos encanta também pela hospitalidade de seus moradores e pela qualidade dos serviços e produtos oferecidos.

Pequenas propriedades rurais compartilham o território com vinícolas de diferentes portes, contemplando desde cantinas familiares, boutiques e de garagem, assim como grandes empresas que contam com parcerias internacionais.

Assim como podem ser realizadas visitas guiadas, degustações comentadas e jantares harmonizados. Complementando a oferta turística, hotéis, pousadas, restaurantes, bistrôs, ateliês de arte, armazéns de queijos, doces e geleias coloniais e gourmet estão distribuídos ao logo da rota que reserva inúmeras outras atrações aos que ingressam neste vale encantador.

Os vinhos do Vale dos Vinhedos apresentam identidade, sendo os únicos no Brasil a deterem Denominação de Origem. A região foi a primeira no país a ser reconhecida como Indicação Geográfica.

Mais informações: http://www.valedosvinhedos.com.br

SERVIÇOS DE INFORMAÇÕES TURÍSTICAS

Secretaria Municipal de Turismo
Endereço: Rua Júlio de Castilhos, nº 254 – Bairro Centro
Fone: (54) 3462-8235
E-mail: turismo@garibaldi.rs.gov.br

Centro de Informações Turísticas
Endereço: RST 470, entrada para o Parque da Fenachamp
Diariamente das 9h às 17h
Fone: (54) 3464-0796